Tipos de neve - Neve - Esportes de neve - Turismo de neve

Tipos de neve +

A Neve Equipamentos Estações e centros de ski Fotos Ski Snowboard

TIPOS DE NEVE

Para quem está acostumado à vida nos Centros de Ski, não há a menor dúvida de que este é um assunto fundamental na vida de qualquer skier & snowboarder , de qualquer nacionalidade, sexo, ou de seu nível no ski ou no snowboard:

 –  …   que tipo de neve irei encontrar pela frente?

Esquiador com casaco laranja

…  porque é óbvio que tudo será diferente conforme o tipo de piso que você irá encontrar  –  e nisso atuam,  diretamente:   

–   a sua experiência & nível nos esportes 

A técnica para esquiar em neve profunda é totalmente diferente daquela correta para pistas grumadas …  ou para esquiar no gelo …  e é claro que quanto mais “ expert” nos esportes, mais facilidade terá para se adaptar aos diversos tipos de terreno.

 –   o tipo e a qualidade do equipamento que você está utilizando.

Os equipamentos adequados para ski&snowboard no powder são totalmente diferentes dos equipamentos para gelo –  que são diferentes dos bons para pistas grumadas …

Ski casaco preto

# TIPOS DE NEVE
A meteorologia reporta inúmeros tipos de neve e de precipitação de gelo, além da clássica forma de Cristais de gelo em flocos, de formato hexagonal, parecidos com pequenas estrelas – sendo que nem toda a neve vem na forma dos tradicionais flocos.

Assim, há diferenças entre neve granular, chuva congelada e granizo.

– Os conceitos abaixo são da Sociedade Norte-Americana de Meteorologia (American Meteorological Society):

• Flocos de neve:
… consistem na forma mais conhecida e tradicional de precipitação de neve.

É o cristal de gelo em forma de floco, de formato hexagonal , e com o aspecto de uma pequena estrela.

Floco de neve

• Grãos de neve (também conhecidos como neve granular):
… precipitação na forma de partículas muito pequenas e opacas de gelo, ou equivalente à forma sólida de chuvisco.

Lembram as pelotas de gelo na aparência externa, mas são mais achatadas e alongadas.
Geralmente apresentam um diâmetro inferior a 1 milímetro. Não racham nem pipocam ao atingir uma superfície dura.
É indiscutível que a neve granular cai em pequena quantidade e se origina de nuvens estratificadas ou até de um nevoeiro.

Grãos de neve

• Grãos de gelo (ou pelotas de gelo):
… tipo de precipitação consistente de pelotas de gelo de 5 mílimetros ou menos de diâmetro.

Podem se apresentar na forma esférica, irregular ou até, raramente, no formato cônico. Os grãos de gelo geralmente pipocam ao atingir uma superfície dura e provocam barulho no impacto.
Agora internacionalmente reconhecidas, as bolas de gelo incluem basicamente duas formas de precipitação, conhecidas nos Estados Unidos como “sleet”, ou granizo miúdo.

Grãos de gelo

• Graupel:
… partículas de neve mais pesadas, geralmente chamadas de pelotas de gelo.

É muito difícil distinguir do granizo miúdo, exceto pela convenção de que o granizo miúdo deve ter um diâmetro maior que 5 milímetros.

Graupel

• Granizo:
…é uma precipitação composta por pedras sólidas de gelo, que podem medir de 5mm ao tamanho de uma laranja.

Muitos meteorologistas não o consideram como uma forma de neve, principalmente por sua precipitação poder ocorrer com temperaturas elevadas.

Granizo

• Chuva congelada (freezing rain):
… chuva na forma líquida que congela após o impacto com a superfície.

É necessário que as gotículas da chuva estejam super resfriadas, e que a temperatura do solo se situe abaixo de zero para que se produza o congelamento.

Chuva congelada

• AguaNeve:
… consiste na neve parcialmente fundida, que cai ao solo com traços de cristalização.

Normalmente é transparente, não branca como a neve em sentido estrito, podendo conter uma certa quantidade de neve em seu interior.

Água Neve

# UMA ÓTIMA DESCRIÇÃO DE “TIPOS DE NEVE”

A Air Canada, em seu site, publicou um texto com a classificação dos diversos tipos de neve que costumam ser encontrados nos centros de ski – achamos muito bom e explicativo, e assim o dividimos com nossos clientes!
Vejam as dicas deles:

“A neve, fascinante fenômeno natural tão estranho para o brasileiro, é muito mais do que água congelada caindo do céu.”

A neve é na verdade uma forma de precipitação na forma de cristais de gelo.
Esses cristais de gelo são formados por água, que congela em forma de prismas hexagonais devido a sua estrutura molecular.

Ao se formarem, esses cristais de gelo podem cair na forma de cristais de neve: flocos de neve; gotas super geladas que congelam-se ao tocar qualquer coisa; ou granizo.

Neve fofa

Em uma estação de esqui, é possível encontrar diferentes tipos de superfície de neve dependendo da altitude, temperatura e do número de pessoas que já marcaram a neve.

Para ser um bom skier & snowboarder, é preciso saber lidar com todos os tipos …

Powder

Powder

Powder é a neve recém-caída, fresca e intocada.

A sobreposição de inúmeros cristais e flocos de neve forma uma camada de neve lisa e macia sobre as montanhas, proporcionando a sensação de flutuar ao esquiador.
O powder normalmente se compacta em diversas camadas, formando uma travesseiro natural para as quedas.

A maioria dos snowboarders e esquiadores consideram o powder a melhor superfície, pois além da incrível sensação de flutuar que proporciona, é também a melhor condição para se tentar novas manobras, fazer curvas cavadas, e controlar a velocidade.

Ainda assim… o powder pode ser um obstáculo para quem não está acostumado :
– quando estiver esquiando sobre neve fresca, é muito importante que você mantenha a velocidade.
Se for muito devagar, irá afundar e ficar preso, tendo o trabalho de desfazer da neve sobre seu equipamento e tentar ganhar movimento novamente.

– para evitar afundar na neve, você deve manter a base de equílibrio levemente para trás, e apontando o bico do snowboard para cima.

– se o powder estiver fundo, o ideal mesmo é mover os dois bindings um pouco para trás, dessa forma o esforço será bem menor.

Manobra em neve powder

Devido a sua superfície macia, as pessoas costumam se arriscar um pouco mais do que o normal.
– no entanto, é muito importante lembrar que o powder pode estar cobrindo pedras, gelo, árvores e até mesmo buracos, com uma fina camada apenas, formando uma armadilha natural.
– mantenha os olhos abertos, principalmente se estiver andando fora de pista ou em uma região que ainda não acumulou um boa base de neve durante a temporada.

Crud

Crud

Embora o termo não seja muito usado, Crud é a próxima fase depois do powder.

Conforme mais e mais pessoas passam sobre o powder, a neve empilha-se em certas áreas e compacta-se em outras.
A camada de neve, antes lisa e fresca, fica toda marcada e repleta de áreas – com neve similar ao powder, e outras aéreas com neve mais dura e escorregadia.

Esquiar sobre a neve crud é um um pouco mais difícil que o powder, mas ainda muito divertido:
– o segredo é andar de forma mais agressiva, mantendo os joelhos mais flexionados para absorver o impacto do terreno irregular.

Crust
Crust

Crust significa “ crosta” em português, e como o próprio nome diz, esse tipo de neve apresenta uma crosta mais dura por cima da neve mais macia.

A crosta é formada quando os raios do sol e o vento derretem a camada superior do powder mas congelando-se novamente devido ao frio.
Se a crosta for bem sólida, você vai esquiar a maior parte do tempo sobre a camada dura.
Se a crosta for um pouco mais mole você irá provavelmente furá-la e deslizar por uma camada mais macia.

Assim como na neve crud, você deve descer de forma mais agressiva, ficar atento para as melhores opções de caminho e procurando se manter abaixo da crosta :

– uma dica para se manter na camada mais baixa e macia é esticando os joelhos ou até forçando um pequeno salto nas curvas.

Slush

Slush

Quando a temperatura fica mais quente do que o ponto de solidificação da água, a neve começa a derreter, ficando cheia de água e grandes pedaços de gelo.
Basicamente, a neve slush é muito parecida com um sorvete derretido.
Por estar molhada, a neve é muito mais pesada e as curvas ficam muito lentas e difíceis.

Movimentos ainda mais agressivos são necessários para manter a velocidade.

Icy

Icy

Odiado por snowboarders com a mesma intensidade que amam o powder, esse tipo de neve é exatamente o seu oposto – é duro, escorregadio, e na maior parte do tempo considerado um inferno.

Na verdade, você nunca vai encontrar gelo nas montanhas.
O que se encontra é uma neve que já derreteu e congelou diversas vezes, formando uma superfície sólida, que é chamada de “ icy “ em inglês.

Quando a condição da neve é icy, torna-se muito mais difícil manter o controle, principalmente nas curvas :
– um dos segredos para não cair e se machucar é fazer movimentos sutis …
– se você tentar frear bruscamente ou colocar muita pressão nas bordas da prancha, vai provavelmente escorregar e sofrer uma dura queda.
– mas dificilmente as condições serão 100% icy – portanto fique de olhos abertos e procure os caminhos por onde haja mais neve fofa.

Tipos de neve e acidentes

Ski Patrol

As condições da neve não afetam apenas a forma de esquiar, mas também as contusões :
– a neve compacta e dura normalmente gera alta velocidade e contusões de impacto ;
– o powder e a neve pesada estão mais associados com torções.
Portanto … procure aprimorar sua técnica nos diversos tipos de terreno, mantenha os olhos abertos , e divirta-se.

Fonte: Air Canadá

DICAS IMPORTANTES DO POINT DA NEVE

Aula de ski

Muitas horas de montanha, há mais de 30 anos, da galera que faz parte da história do Point da Neve, permitem juntar alguns palpites e lembranças “na vizinhança” para listar algumas dicas que, sem dúvida, são e sempre serão úteis na vida de qualquer skier & snowboarder:
# durante uma skiweek, é bem provável que você encontre, conforme o dia, o lugar, a altitude, todo o tipo de neve acima descrito …

a. procure alugar ou comprar skis ou pranchas de snowboard que sejam do tipo “ all mountain “, qual seja, desenhadas para serem eficientes em todo o tipo de neve.

b. somente utilize equipamentos especializados quando for praticar os esportes em situações específicas: ótimos equipamentos para neve fofa/fora de pista são péssimos em uma pista dura … excelentes equipamentos de competição downhill são um inferno na neve fofa …

c. como sempre avisamos aos amados clientes: poupe nas compras, nos jantares e vinhos, ou na conta do telefone; mas na hora de escolher equipamentos que terão de enfrentar todo o tipo de neve, escolha sempre o que for melhor disponível – é claro que sempre vai ser o mais caro, né?
… também não poupe no presente da Sogra, por supuesto.

Moedas

# esteja sempre atento, durante suas descidas, aos diferentes tipos de neve que estarão à frente, pois você terá que adaptar sua postura e forma de ação conforme o terreno – grande parte das quedas tem origem na surpresa do skier & snowboarder pela mudança na neve …

– o exemplo mais tradicional é estar descendo feliz numa pista bem grumada, com aquela pequena capa de 5 cm de neve dry powder, e entrar de repente numa placa de gelo brilhante …

Manobra campeonato de ski

# só esquie em neve profunda se:

a. você tiver um ótimo nível de ski & snowboard
b. você conhecer as técnicas desta atividade, e os muitos cuidados necessários
c. você conhecer bem o terreno, ou estar com guia
d. você estiver utilizando roupas e equipamentos adequados
e. você estiver em ótima forma física

Nem queira saber o trabalho que dá quando a gente cai e fica com neve na altura do peito.

Ski roupa rosa

# a neve “ Crust”, em nossa modesta opinião, é a pior de todas …

– quando você estiver na montanha, e enxergar aquela neve parecida com glacê de bolo de criança – duro e brilhante – fuja, não há quem consiga esquiar bem em cima desta naba.

Nos Andes é conhecida como “ nieve cartón”, detestada por argentinos e chilenos.

árvore na neve

# sempre é bom lembrar : independente do tipo de neve, ski & snowboard são esportes de risco, que exigem muito dos seus praticantes.

– nunca entre em uma pista de ski sem um aquecimento prévio: seja no início do dia, ou depois de ter ficado 2 horas enchendo a pança em uma confeitaria de montanha …
… nem é necessário explicar isso, né?

– sim, tire a preguiça deste corpitcho, e não entre “ frio “numa montanha para se jogar morro abaixo a velocidades de cavalo em hipódromo.
Esquiadora alongando

# OK, sempre é importante que as “ bases “ estejam bem feitas – o que significa que os Cantos estarão afiados, e as superfícies estarão enceradas … isso funciona bem em qualquer tipo de neve, é claro.

– mas no Gelo / Icy … isso adquire uma importância-turbo: se você estiver com um equipamento com cantos bem feitos, e tiver um bom nível, poderá chegar a sentir prazer real de esquiar no gelo!

– mas se os cantos estiverem ruins, não tem jeito, esquiar no gelo será uma bosta.
… com skis ou snowboards.

Msnutenção de equipamentos

2016 © Point da Neve Viagens e Turismo - Grupo S7 - Todos os direitos reservados - Proibida reprodução Desenvolvido por Segundo Andar