Califórnia: da praia à neve!

4 de julho de 2019
Califórnia: da praia à neve!

Famosa por suas praias e pelo surf, a Califórnia também é a terra da neve e dos esportes de inverno. Conheça um espírito californiano bem diferente do que é exibido nos seriados norte-americanos.
Palco de filmes e séries de TV, a Califórnia sempre foi sinônimo de mar, areia e píeres lotados de pessoas acompanhando os surfistas e suas manobras sobre as ondas. Para os norte-americanos, no entanto, essa associação já se desfez há muito tempo. Se para você o turismo de neve nos Estados Unidos se resume aos estados do Colorado e de Utah, saiba que na Califórnia há estações de esqui modernas em lugares de natureza exuberante e com neve de excelente qualidade. Além disso, esquiar ali possibilita combinar a experiência na montanha com passeios em São Francisco, Napa Valley, Los Angeles e até mesmo em Las Vegas, no estado de Nevada.

ROAD TRIP EM LAKE TAHOE

A maior concentração de estações de esqui na Califórnia é na região de Lake Tahoe, assim batizada em homenagem ao lago homônimo. O maior lago alpino de toda a América do Norte brinda o visitante com águas cristalinas circundadas por pinheiros e montanhas cobertas de neve. Foi este cenário que a empresária catarinense Amanda Lunelli encontrou em 2013, quando conheceu a região na companhia do marido Márcio Pio. Em fevereiro de 2019, ela retornou pela terceira vez para desfrutar a experiência com toda a família. Além do marido, embarcaram na aventura sua mãe junto com o namorado e seu irmão acompanhado da esposa e da filha bebê.
Amanda esquia desde criança e já esteve em estações sul-americanas, europeias, canadenses e norte-americanas. Para ela, a Califórnia como destino de neve ainda é pouco explorada pelos brasileiros. “Todas as vezes que esquio nas estações californianas, reforça-se esta impressão. Durante minha última estada, em 2019, escutei pessoas falando em português apenas em Squaw Valley, e eram intercambistas brasileiros que estavam trabalhando na estação de esqui”, comenta.
[xyz-ips snippet="imagem-original"]
[caption id="attachment_44196" align="aligncenter" width="174"] Amanda Lunelli
Empresária
Foto: arquivo pessoal[/caption]
 
Segundo a empresária, a Califórnia é propícia a uma road trip. “Embora tivéssemos um planejamento, não queríamos ficar limitados a ele. Por isso, ao pegar a estrada, ligávamos o GPS e nos deixávamos levar. Lake Tahoe é uma região com paisagens lindíssimas. Quando me dava conta, não fazia mais nada além de fotografar”, diverte-se Amanda, que se aventurou com a família por Heavenly, Squaw Valley, Alpine Meadows e Northstar.

HEAVENLY

As águas de Lake Tahoe ocupam 582,4 km², uma área tão vasta que nem um plano panorâmico é capaz de abrangê--la por inteiro. Do alto da estação de esqui de Heavenly, no entanto, é possível ter uma boa visão do maior lago alpino do continente norte-americano. Heavenly situa-se bem na divisa entre a Califórnia e Nevada: metade de suas pistam ficam num estado, metade noutro. Enquanto o lado californiano preserva uma atmosfera de vilarejo montanhês, com hotéis, pousadas e restaurantes construídos de madeira e pedra, em Nevada há edifícios, cassinos e boates. Para desfrutar todos os atrativos do vilarejo é preciso pegar os meios de elevação. Por isso, em Heavenly estar nas alturas não é privilégio de esquiadores e snowboarders. “Quem não pratica esportes de neve também tem acesso à montanha. O namorado da minha mãe não esquia e pôde apreciar a vista da região e circular pelas lojas e restaurantes sem se sentir isolado”, conta Amanda.
O aprés-ski de Heavenly tem um astral bem californiano — descontraído e jovial, com o agito invadindo a noite. Trata-se de um ótimo destino para conhecer gente nova e desempoeirar o inglês — afinal, o lugar conta com dezenas de bares. Apesar das atrações noturnas, o carro-chefe são os esportes de neve. A estação de esqui oferece 97 pistas para todos os níveis de dificuldade, atendidas por 30 modernos meios de elevação.

Consulte pacotes para Heavenly

[caption id="attachment_44184" align="aligncenter" width="750"] Divulgação Heavenly[/caption]
[caption id="attachment_44185" align="aligncenter" width="750"] Divulgação Heavenly[/caption]

SQUAW VALLEY E ALPINE MEADOWS

Voltar a Squaw Valley e Alpine Meadows era um sonho de Amanda, e a lembrança de uma infinidade de pistas e possibilidades nas alturas se confirmou. “A estação se tornou ainda mais moderna desde nossa visita em 2013, e dá a sensação de que podemos ficar esquiando por um mês sem chegar a conhecer todas as pistas.” Amanda não exagera. Squaw Valley e Alpine Meadows hoje somam 270 pistas e 23 meios de elevação, e a distância de apenas 8 km entre as duas estações faz com que sejam consideradas um único destino.
Maior e mais tradicional do que Alpine Meadows, Squaw Valley sediou os Jogos Olímpicos de Inverno de 1960, evento que legou à cidade o Olympic Museum. O prédio que revisita o passado esportivo da cidade também dimensiona sua relevância para o esqui e o snowboard dos Estados Unidos. Equipes profissionais do país inteiro tomam o rumo de lá toda temporada para deslizar em sua imensidão esquiável. Os vilarejos ao pé das montanhas de Squaw Valley e de Alpine Meadows são simpáticos e oferecem boas opções de hospedagem, restaurantes e bares. A 11 km está Tahoe City, uma das maiores cidades da região. Além de boas opções de lojas, encontra-se ali o majestoso lago, cercado por parques estaduais, entre eles o Burton Creek State Park. “É incrível como o lago atrai as pessoas. No verão a galera costuma pescar e fazer piqueniques, e no inverno todos se divertem praticando esquibunda.”

Consulte pacotes para Squaw Valley - Alpine Meadows

[caption id="attachment_44192" align="aligncenter" width="750"] Divulgação Squaw Valley[/caption]
[caption id="attachment_44193" align="aligncenter" width="750"] Divulgação Alpine Meadows[/caption]

NORTHSTAR

Nesta última viagem à Califórnia, Northstar foi a única novidade para Amanda. “Foi uma grata surpresa. A estação de esqui é muito simpática. Em nossa próxima visita à região ficaremos hospedados lá.” Northstar fica ao norte de Lake Tahoe e no lado oposto de Heavenly. Trata-se de um dos mais belos e luxuosos destinos de inverno dos Estados Unidos, com hotéis cinco-estrelas, restaurantes refinados e uma experiência na neve de primeira qualidade.
São 95 pistas largas, compridas e bem sinalizadas, que atendem esportistas dos mais variados níveis técnicos. À exemplo de Heavenly, do alto da montanha tem-se uma visão panorâmica do lago. Outro atrativo é a abundante oferta de entretenimento, incluindo spa, ioga, cinema, lojas de grife, cafés e bares. O centro comercial se distribui nas cercanias de uma enorme pista de patinação no gelo, que se tornou símbolo do luxo de Northstar.
[caption id="attachment_44194" align="aligncenter" width="750"] Divulgação Northstar[/caption]
[caption id="attachment_44195" align="aligncenter" width="750"] Divulgação Northstar[/caption]
Esse conteúdo faz parte da revista do Point da Neve – Edição 5. Para ler o conteúdo completo é só clicar aqui.