Guia para esquiar em Val Thorens

13 de maio de 2018
Guia para esquiar em Val Thorens

Informações gerais sobre Val Thorens

A Região

A área geográfica próxima à fronteira entre França, Itália e Suíça é muito montanhosa – estamos no coração dos Alpes – e, assim, povoada com muitas estações de neve, muitas delas com nomes conhecidos de todos.
Com fácil acesso através de grandes cidades como Genève / Suíça ; Lyon / França; e Turin / Itália, todos estes lugares de encontro de esquiadores, snowboarders e turistas (que vem de todas as partes do mundo), estão muito próximos entre si, ligados por estradas cheias de charme e vistas deslumbrantes.

 

Uma das regiões desta parte da Europa é a Savoie & Tarentaise, que tem 3 áreas distintas de terrenos espetaculares para a prática dos esportes de neve, cada qual com seus muitos centros de ski:

  • Paradiski………….. com 425 km de pistas de todos os níveis = 246 pistas.
  • Espaço Killy……… com 300 km de pistas de todos os níveis = 137 pistas.
  • 3 Vallés……………….com 600 km de pistas de todos os níveis = 317 pistas.

A área de “ 3 Vallés” oferece alguns nomes que você já ouviu:Courchevel, Méribel, Les Ménuires, Val Thorens … e a cidade-acesso de TGV mais próxima é Moutiers, a poucos minutos de carro de qualquer um destes centros de ski.

Val Thorens

O vilarejo de Val Thorens é muito lindo… as construções são, praticamente todas, numa arquitetura de madeira clara, pedra e muito vidro, e isso a torna aconchegante e simpática.
Com muitos restaurantes, lojas e locais de diversão, Val Thorens pode oferecer – além da enorme área esquiável de 3 Vallés ( Val Thorens está muito perto de Meribel e Les Menuires, você poderá esquiar mudando de município ! ) – muito lazer de todo o tipo, principalmente vida noturna.

O CENTRO DE SKI

O centro de ski de Val Thorens oferece uma excelente condição para qualquer nível de skier & snowboarder , confira os dados abaixo:

a) são mais de 300 km de pistas, divididas em …
– 20 pistas verdes
– 59 pistas azuis
– 36 pistas vermelhas
– 14 pistas pretas
… além das áreas para “ fora de pista”

b) 94 teleféricos …

c) centenas de canhões para a fabricação de neve artificial …

d) dezenas de confeitarias de montanha …

 

E toda a estrutura de Escolas de Ski & Snowboard ; lojas para a venda ou aluguel de equipamentos e roupas; guias de montanha e acesso a programas radicais.

Como Chegar:

Para que vem com o TGV, o acesso é feito através de Moutiers, a cidade-acesso ao village. São 4 horas de TGV desde Paris, e depois cerca de 10 minutos de transfer até o village

Para quem utiliza outra forma de transporte, e/ou vem de outros destinos que não Paris …
– Genève / Suíça está a ………. 150 km de distância
– Lyon / França está a ……………210 km de distância
– Turin / Itália está a ……………….255 km de distância
… todas três cidades recebendo vôos internacionais , e com diversas formas de transfers até Val Thorens.

Confira a localização de Val Thorens no mapa:
Exibir mapa ampliado

CLUB MED EUROPA: OS VILLAGES DE NEVE

 

O Point da Neve elegeu o Club Med e seus Villages de Neve como parceiro para o atendimento de seus clientes em seus programas de ski, snowboard e turismo de neve, na Europa, pelas vantagens que oferece : além de uma hospedagem confortável e de um serviço atencioso& sempre simpático, os villages med incluem:

– toda a comida (ótima);
– a bebida (muita);
– os skilifts (acesso aos teleféricos e pistas da região);
– aulas de ski e snowboard free;
– e aluguel barato de ótimos equipamentos de ski & snowboard.

Os programas dos villages de neve do Med são sempre de 7 noites / domingo a domingo, e podem ser adquiridos de duas formas:

  • Com TGV: além do programa de 7 noites, está incluído o deslocamento entre Paris / cidade-acesso do village / Paris com o TGV (trem francês de alta velocidade) + transfer entre a cidade-acesso e o village. Estes dois serviços, quando incluídos, tem preços bastante vantajosos.
  • Sem TGV: qual seja, somente com o programa de 7 noites, permitindo que os clientes cheguem e saiam do village sem que seja, necessariamente, de & para Paris.

O VILLAGE VAL THORENS

O Village Med de Val Thorens é um dos mais conhecidos e procurados pelos skiers & snowboarders … o vilarejo é famoso pelo seu astral de alegria na vida noturna, algo que se estende para as pistas e confeitarias de montanha – Val Thorens tem gosto de festa!

 

Este Village tem como principais características:

  • Grau de conforto: 4 tridentes
  • Altitude: 2.300 m
  • É ski-in/ski-out.
  • Parede de escalada indoor: 4 rotas em 10 metros de altura
  • Oferece Fitness Center acompanhando as últimas tendências: body-step, zumba, pilates, body-balance
  • Wifi gratuíto (até 200 Kb)

–   Veja mais detalhes da Montanha.

… ASSUNTANDO SOBRE VAL THORENS:

# O QUE FAZER ALÉM DO SKI & SNOWBOARD

Val Thorens oferece uma série de atrações além dos esportes de montanha:
– o vilarejo tem dezenas de boutiques, galerias de arte, lojas de decoração …
– além de restaurantes para todo o tipo de gostos: cozinha francesa, mediterrânea, fusion, japonesa, tailandesa, indiana …
– também tem bistrôs & casas de chá; padarias com cheiros incríveis …
E você está muito perto de diversos outros vilarejos adoráveis, que valem a pena ser conhecidos – será um daqueles passeios inesquecíveis!

 

# GASTRONOMIA & NIGTHLIFE

OK, você está hospedado em um Village Med … o que significa que está cercado de comidinhas da melhor qualidade , e todas as formas de diversão – a Galera Med se esforça para que as noites dos villages sejam sempre alegres, e isso costuma dar muito certo.
Mas … se você quiser conhecer algum restaurante bacana , tomar uns tragos & ouvir música, e curtir a tão famosa noite de Val Thorens, veja a seguir as dicas do Point de 10 lugares imperdíveis: 5 restaurantes e 5 baladas.
Enjoy!

RESTAURANTES

# LE VIEUX CHALET

# AU MAZOT

# JEAN SULPICE

 

# CHALET DE LA MARINE

# LA PAUSE DE PIERRETE

BALADAS

# SNOWCAFE

# LE MALAYSIA

 

# LE MONDE

# SALOON BAR

# 360 BAR

 

 

# VAL THORENS NA MIDIA

Val Thorens, por muitos bons motivos, é com frequência motivo de reportagens em jornais e revistas deste mundão – sim, o lugar é muito bacana, e atrai gente de todo o planeta.
Entre muitas coisas legais publicadas na mídia ( e são realmente muitas … ) selecionamos esta reportagem de “ O Globo “ , que descreve muito bem o lugar e seu astral, confira :

“ Val Thorens, na França, foi eleita a melhor estação de esqui do mundo, pela World Ski Awards.
– Vilarejo de apenas um quilômetro quadrado tem boate subterrânea, queijos e mergulho em lago congelado”.

Fonte: http://oglobo.globo.com/boa-viagem/val-thorens-na-franca-foi-eleita-melhor-estacao-de-esqui-do-mundo-pela-world-ski-awards-15112528

Links Interessantes:

 

Dicas úteis

Sempre é bom, quando se vai para algum lugar – qualquer que seja – receber algumas dicas interessantes, concorda?
Alguns tem parentes ou amigos na estação de ski …
Outros muitos … tem a galera do Point, que conta tudo & não esconde nada …
Enjoy!

Bueno…
– juntamos alguns palpites com a galera;
– revisamos comentários e dicas de clientes & amigos, e …
– selecionamos aqueles que pareciam mais relevantes em uma skiweek em Val Thorens, confira a seguir:

# A MALA

 

Esta sempre é uma bronca na vida de skiers & snowboarders …
Modestas dicas do Point para ajudar a escolher o que levar para Val Thorens :

– você sempre estará em lugares muito frios ( em todos os externos ) ou muito quentes ( em todos os internos ) :
… não leve roupas “ intermediárias “ , não serão usadas.
– a temperatura média nas pistas do Hemisfério é habitualmente baixa – às vezes, muito baixa :
… se você tem uma ótima roupa de ski & snowboard, ok, leve a parceira de montanha ;
… se a roupa não é ótima, deixe para alugar ou comprar lá – pls, não vá passar frio em Val Thorens, né ?
– roupa de baixo (ceroulas & camiseta) e meias :
… devem ser de “ tecidos técnicos “ , adequadas para a prática de esportes de montanha.
… esqueça suas grossas meias de lã e a ceroula de pelúcia – quando chegar lá, compre
essas duas coisas absolutamente fundamentais no Mundo da Neve.
– sapatos:
… se você pretende sair do hotel, esqueça o seu mocassim italiano, ou aquele salto 12 –
leve botas, que sejam adequadas às baixas temperaturas , e que sejam 100% impermeáveis.
… se não for assim, não carregue peso à toa, compre os calçados adequados lá – tem de
todo o tipo e preço.

# OS DOCUMENTOS & BADULAQUES

Parece até bobagem falar nisso, né?
Santo Engano, Batman !

Você nem imagina a quantidade de clientes e amigos que passam por todo o tipo de situações complicadas e angustiantes, simplesmente por não ter feito aquele bendito “ check de embarque “ antes de sair de casa rumo ao aeroporto, bem feliz …
– passagens, vouchers, comprovantes de seguro-saúde
– cartões de crédito
– documentos(passaporte, identidade, motorista)
– autorizações para viagens de menores
…. (dica preciosa do Point: leve Xerox de tudo isso acima, guardada em lugar diferente dos originais … serão ouro em caso de perda e/ou roubo )
– os remédios que você precisa
– e o celular & carregador, para tirar muitas selfies e mandar para a Mama!

 

# CAMINHANDO EM VAL THORENS

OK, já falamos que o vilarejo é uma gracinha, que tem um montão de coisas para ver & fazer … assim, é claro que você irá caminhar por ali.
Bueno …
a) caminhar na neve – e, principalmente, no gelo – exige cuidado e concentração. Mesmo, de verdade.
Muita gente se machuca em uma skiweek não nas pistas, mas voltando de um jantar num escorregão em uma calçada gelada, acredite.
b) tenha sempre presente a distância entre onde você pretende ir e seu apartamento.
Caminhar na noite em um centro de ski nos Alpes significa sensações térmicas que podem passar dos (-) 40ºC, e você não é um pinguim.
c) OK …
Estabelecidos os cuidados básicos : caminhe muito na noite de Val Thorens, é super-divertida – e por isso atrai gente de toda a Europa.

# A ALTITUDE …

 

Em Val Thorens, você estará hospedado numa faixa de altitude de 2.300 metros … e, com frequência, irá esquiar acima dos 3.000 metros …

Bueno …
a) Muita gente sente os efeitos da altitude … a solução é descanso, água, uma ou outra aspirina, e um pouco de paciência – costuma passar em 24 horas.
b) Se for fazer alguma atividade mais radical (principalmente foras de pista em neve fofa ) leve em conta a questão da altitude & oxigênio – a 3.000 m, calcule uma perda de 30 a 40% de sua capacidade respiratória habitual.

# A SEGURANÇA!

Este é um assunto sagrado no Point da Neve :

– seguir, sempre em qualquer circunstância, as regras básicas de segurança na montanha, protegendo a você e aos outros.

# Confira suas fixações (regulagens e estado) antes de subir
… a perfeita regulagem das fixações para seu peso & nível de ski&snowboard é algo fundamental para a sua segurança, não deixe de fazê-lo a cada dia – leva 10 segundos.

# Faça o devido alongamento antes de entrar em pista.
… ski & snowboard podem oferecer momentos em que seu corpo seja exigido muito além do habitual : você tem que estar preparado para isso.

# Não pare NUNCA no meio da pista
… assim como você não costuma parar bem no meio de uma estrada, né ?

# Pare sempre podendo olhar para cima ( é de lá que vem o perigo ) – se parar porque se machucou, ou para socorrer alguém, finque os skis (cruzados) ou o snowboard (de pé) na neve para sinalizar a situação.
… regras simples, que fazem toda a diferença.

# Mais cuidado no início do dia (gelo nas pistas & corpo frio) e no fim do dia (neve pesada & corpo cansado)
… essas duas situações são constantes – e representam a maior parte dos acidentes de ski & snowboard em qualquer pista do planeta.

# Nunca esqueça: na montanha, quem está mais abaixo tem SEMPRE a preferência
… parece óbvio, mas …

# Não faça fora-de-pista sozinho, nem sem conhecer o terreno que vai descer
… idem-idem, mas …

 

# AS AULAS DE SKI & SNOWBOARD

Veja bem : em nosso modesto entendimento, de todas as ótimas coisas oferecidas em uma skiweek nos villages Med, a “ cereja do bolo “ é …
– o acesso grátis às aulas de ski & snowboard
– sim, se você quiser poderá organizar sua semana passando quase todo o tempo com instrutores, conforme o seu nível nos esportes – e isso, é claro, faz com que todo mundo que faça uma skiweek num village saia esquiando muito melhor.

Essas horas de instrução custariam uma grana preta, que a maioria das pessoas simplesmente não iria gastar. Simples assim.
Use e abuse de suas aulas!

# O EQUIPAMENTO

 

Outra coisa bem legal dos villages Med:
– o Club tem uma antiga parceria com a Rossignol …
– assim, você encontra para locação, em qualquer village, equipamentos up-to-date desta marca ( que é uma referencia no Mundo da Neve para qualquer produto )
– e, o melhor disso tudo : por um preço bem mais em conta do que a média do mercado.
Já se você estiver procurando algo especial …

a) Consulte nossa lista de Equipamentos Top-Ten 2016 / 2017:
– http://www.neve.com.br/equipamentos-e-roupas/

b) E, estando em Val Thorens, procure uma das muitas lojas de locação de Equipamentos, e busque aqueles tops que você merece : lá, com toda a certeza você irá encontrar os melhores produtos do Mundo da Neve para comprar ou alugar.

Por último :
– se o seu equipamento tiver mais de, mmmm, 3 anos:
– pendure no escritório ou na churrasqueira – não carregue peso à toa: alugue ou compre lá.
… os avanços tecnológicos nesta área são incríveis, e um equipamento moderno é muito melhor, mais fácil e mais seguro do que a melhor coisa do mercado de 3 anos atrás.

# DICAS SOBRE O FUNCIONAMENTO DO “ SISTEMA CLUB MED”

Os villages de neve do Club Med na Europa sempre estão situados em estações de neve muito conhecidas e bem freqüentadas, que oferecem enormes áreas de pistas de todos os níveis de dificuldade; sua localização é sempre próxima a algum grande aeroporto, e os transfers entre aeroportos e villages é feito em estradas bem cuidadas e sinalizadas.
Os programas de neve do Med, sempre de 7 noites / domingo a domingo, incluem uma série de serviços sempre necessários em uma skiweek – e isso representa uma ótima relação custo/benefício para os esquiadores & snowboarders, principalmente na Europa:

1. Os skilifts: os passes para a montanha estão incluídos no programa dos villages de neve do Club Med; e seu custo real para o cliente é muito inferior ao preço de venda na bilheteria.

 

2. A comida: café da manhã, almoço e jantar, com o melhor da cozinha francesa, estão incluídos no programa dos villages de neve do Club Med – e além da qualidade, você pode contar com enormes quantidades…

3. Os snacks: lanchinhos, comidinhas fora de hora, tudo isso está incluído no programa… e num centro de ski, onde a fome é constante, faz enorme diferença.

 

4. As bebidas: água, refrigerantes e sucos, cervejas, vinhos e espumantes da casa fazem parte do programa – os clientes dos villages pagam apenas os destilados solicitados no bar – o que garante jantares de muitas risadas…

5. A cereja do bolo:os programas dos villages incluem aulas de ski e snowboard– elas são free, todos os dias se o cliente assim desejar… isso faz uma total diferença: todo mundo melhora um montão no esporte e no conhecimento da montanha, pois tem instrução especializada numa quantidade de horas que jamais iria adquirir numa estação de ski – custaria uma fortuna!

# FAZENDO TURISMO NA EUROPA!

Bem, além da skiweek no village Med, você tem que aproveitar para curtir as muitas coisas que a Europa pode oferecer… veja no mapa abaixo onde você está, e a proximidade de lugares lindos, famosos, cheios de atrações de todos os tipos, que você tem para todos os lados!
Por exemplo:

Na França: alugar um carro e rodar a Provence, serão dias de paisagens incríveis e lugares charmosos, comidinhas especiais, vinhos de todo o tipo; ou ir um pouco mais adiante, e passear na Cote d’azur – você terá o mediterrâneo ao seu lado, curtindo lugares como St Tropez, Nice e Cannes.
E para quem já está ali, esticar até Monaco e fazer uma fezinha no cassino…

 

Na Itália:  você anda algumas centenas de quilômetros, e está em Milão, Florença, Verona, Pádua… são dezenas de lugares imperdíveis, que por si só valeriam a viagem, e estão muito perto do village med em que você irá estar hospedado !
• Ou… quem sabe um pouquinho mais, e vai dar umas voltas de gôndola lá em Veneza, com direito a umas voltas de barco no mediterrâneo e ilhas gregas?
Hem? Hem?
E a Suíça? Paisagens lindíssimas, cidades charmosas, restaurantes espetaculares, compras para nunca esquecer… ali, do ladinho de tudo, você tem Genève, Zurich e Berna, além de dezenas de outros locais turísticos famosos …

… Conte com a Equipe Point da Neve para organizar sua viagem de turismo na Europa!

# AS “CINCO MAIS”

Aqui no Point da Neve gostamos muito de receber as informações e comentários de nossos clientes … são impressões de milhares de horas de viagens; de montanhas e hotéis; aeroportos e skilifts …
Bueno, juntando isso tudo, preparamos um pequeno resumo de coisas importantes na vida de um skier & snowboarder : um viajante, que adora a neve, e curte os esportes da Montanha, que nem nós!
Enjoy!

 

# AS 5+ DO VIAJANTE

1. Seja organizado antes, durante, e depois da viagem.
A maior parte dos problemas que ocorrem tem origem na mais prosaica falta de organização – e este conselho engloba todo o tipo de coisas como documentos, passagens, cartões, vouchers, mapas, listas, remédios e dinheiros…
2. Saiba detalhes básicos para os lugares para onde está indo e das atrações que pretende curtir.
3. Saiba um vocabulário mínimo de coisas importantes nas línguas dos lugares que irá visitar.
4. Conheça seu itinerário e conte sempre com imprevistos na determinação de horários para coisas diversas.
5. Seja respeitoso, simpático e bem humorado.
Esta postura costuma resolver a maior parte dos pepinos que possam ocorrer em uma viagem.
Mesmo.

# AS 5+ DA NEVE

 

1. Os esportes de neve, por sua própria natureza, exigem solidariedade total entre seus praticantes.
Cuide muito dos outros, e nunca deixe de ajudar a quem estiver precisando, seja lá o que for.
2. Cuide muito do seu corpo: aquecimento obrigatório antes de entrar em pista,
alongamento no final do dia.
– Protetor solar.
– Alimentação adequada.
– Sono adequado.
Você precisa 100% dessas coisas.
3. Use os equipamentos adequados, de ótima qualidade, novos.
Serão a sua segurança, darão proteção e conforto, facilitarão e ajudarão por todo o tempo, de muitas maneiras.
4. Respeite a Montanha, seus códigos e sinais.
Ela agradecerá, e devolverá em alegria e prazer.
5. A Regra 5 do Viajante, em outras palavras: seja gentil e respeitoso e… as soluções aparecem, as broncas terminam, multas são canceladas e… você termina na 1ª classe do avião, dando abanicos.

# AS 5+ DO SKI

1. O Equipamento deve ser o melhor possível: botas ótimas e confortáveis, skis com a mais moderna tecnologia e fixações novinhas ; bastões leves e fortes.
Nunca poupe nisso – afinal, é uma viagem para esquiar, e a qualidade do equipamento faz enorme diferença.
2. Faça aulas. Aprenda o esporte, não fique levando trompadas pela montanha – é ruim, é chato, e é muito perigoso.
De quebra, ainda ganha um brother local – seu instrutor será o seu “amigo na montanha”.
3. Use as pistas de acordo com seu nível de ski, sem forçar : com o tempo, esforço, aulas e treino, a progressão vem naturalmente, sem riscos desnecessários.
4. Respeite sempre as regras dos centros de ski, as orientações dos patrulheiros, as orientações dos mais velhos e experientes,e, principalmente : respeite o seu velho e ótimo bom-senso.
5. Lembra da regra “ Tudo pelo Social” ?
Pois é… no ski na neve funciona que é uma maravilha: respeito e bom humor são pura mágica na montanha.
Pode usar e abusar, dá certo.

 

# AS 5+ DO SNOWBOARD

1. Os Equipamentos mudam – e melhoram – a cada ano, facilitando e melhorando o desempenho dos snowboarders: procure sempre o melhor conjunto de prancha e botas disponível na estação.
2. Mesmo que você seja um baita surfista, ou um skatista radical : faça aulas.
O Snowboard tem lá as suas manhas, e você irá ganhar muito tempo – protegendo o corpo.
3. Antes de tentar pistas mais difíceis, seja bom nas pistas em que você está andando.
O resto é pura vaidade, e costuma machucar.
4. A Montanha e o Snowboard tem muitas regras importantes: siga todas elas, protegendo a você mesmo, aos outros, e ao meio ambiente.
Respeito é uma palavra sagrada na Neve.
5. A Regra nº 5 uma vez mais: seja legal com todo mundo de um centro de ski – e a enorme maioria será muito legal com você.

A montanha

 

 Temperatura Média em Val Thorens

de janeiro a março         de abril a junho             de julho a setembro                 de outubro a dezembro
            -3° / 4°                               2° / 18°                                   3° / 22°                                              -3° / 2°

Pistas em Val Thorens

Principiantes              Intermediárias              Avançadas                     Experts
21% 68 pistas                33% 104 pistas           35% 110 pistas            11% 35 pistas

 

Meios de Elevação

  • Teleférico “cadeirinha”: 44
  • Gondolas: 4
  • Funiculares: 2
  • Teleférico de superfície (famoso “puxa-saco”): 40

Total de teleféricos: 94

X Solo