Beto Valle - DENNIS AND ME - Point da Neve

Beto Valle – DENNIS AND ME

DENNIS AND ME

Em 1997 eu estava trabalhando em Courchevel/France, um lugar fantástico – o vilarejo fica na encosta da montanha, e seus bairros são chamados pela sua altitude, as coisas ficam no 1550, no 1650, os melhores hotéis e boutiques no 1850… e a vida cotidiana mistura pessoas esquiando, outras fazendo compras com skis, tudo no meio de automóveis e charretes: só vendo, é muito legal.

Lá, encontrei o Dennis, um velho brother, brasileiro, que era instrutor de ski em Andorra, e estava passando uns dias com amigos em Courchevel. Grande figura, super-esquiador, amigão de todo mundo – e um pegador profissional, o cara tinha algum tipo de mel especial, que fazia a mulherada ficar na volta, o que rendia muita gozação por parte de seus amigos; ele era modesto e desconversava, rindo sem jeito.

Pois um dia, saímos os dois bem cedinho, para um dia de muita quilometragem de pistas; no meio da manhã, depois de muito rodar, entramos num cable-car enorme, que leva cerca de 100 pessoas até o topo. Entramos junto com a multidão, ficamos num canto perto das janelas, agarrados numa das barras, batendo papo e segurando a tralha toda.

Junto com a galera toda, chega quem?

A Bo Derek – para os da antiga, é fácil lembrar: a “mulher nota dez”, filme de enorme sucesso dos anos 80.

Pois ela seguia sendo uns, mmm, 9 e meio, todos olhavam para ela, deslumbrados, incluindo eu, é claro.

E ela?

Lá começou a funcionar o mel do Dennis, a mulher 9,5 tava de olho no safado, que só ria, olhando pela janela.

Na noite, galera toda caindo em cima dele, se sai com esta pérola: “… e se vou prá cima, e ela descobre que sou um nota cinco? Que mico!”, fechando com chave de ouro.

Tem várias outras dessa figurinha imperdível, esta é uma das muitas…

Grande Dennis, mais um daqueles verdadeiros Homens de Montanha!

2016 © Point da Neve Viagens e Turismo - Grupo S7 - Todos os direitos reservados - Proibida reprodução Desenvolvido por Segundo Andar